Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda não consegui entender se são longas as noites ou os dias

por baía azul, em 04.07.11

 

Muito repelente, pouco acesso à net. Foi o primeiro pensamento que surgiu quando o dia terminou e ao olhar para trás percebi que pouca coisa tinha feito.

Entre doenças, más disposições, falta de luz, falta de Internet, falta de vontades, falta de criatividade, falta de proactividade, cheguei ao fim do dia com uma questão que me aflige: o que fazer quando os peixes não se deixam salgar?!

 

Cheguei a casa com a questão mas guardei-a para mim. Apercebi-me que as anopheles já estavam no auge da sua actividade e fui buscar o butix.

Tentei escrever, mas a Internet dava apenas para a rede social mais famosa de todo o mundo. Podem falhar todos os sites, mas o Facebook carrega sempre.

 

Lancei o desabafo e fui dormir. Acordei com a pula a perguntar-me: “dormiste bem?” “Sim, sim”, respondi.

“Óptimo, ainda bem que estás bem disposta, porque não tens água quente”, chutou, sem dó nem piedade.

Fiz-me forte e imaginei que da torneira sairia uma aguinha agradável. Não foi propriamente assim, mas depois de uns gritinhos pensei na fase seguinte: “escritório, reunião, luz e internet. Hoje é dia de trabalho”. Não, nada disso. As duas primeiras sim, mas numa sala localizada a oriente, onde o sol tivesse sido o primeiro a aparecer.

 

Além das questões profissionais que nos deixam boa parte das vezes frustradas, há a lamentar o facto da pula que diz que domina aqui o sítio ainda não saber negociar a fruta à beira da estrada. Eu confesso, também não sei. Nem entendo porquê que hei-de pagar algo inflacionado ou algo low cost. A verdade é que o pedido foram dois mamões e umas bananas, cinco talvez, por 1200kz e no carro só vieram os mamões porque ninguém aguentou a discussão com a quitandeira, que já tinha bem guardados os 1200!

 

De resto, mais um dia a lutar com uploads de fotos e não só, com a percepção de que metade do que se diz que se ouviu é menos ainda do que aquilo que estávamos à espera.

 

#day 2

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:10



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D